Todo mundo pode comer de tudo?

A gente cresce achando que pode e deve comer de tudo, não é verdade? Mas, ignoramos o fato de que alimentos (mesmo de origem natural) podem ter contraindicações. Cada alimento possui um conjunto de propriedades que podem beneficiar o organismo ou atuar como agravantes de condições preexistentes. 😉
Doenças e predisposições são informações importantíssimas que você deve levar para o seu nutricionista. Através delas podemos criar uma dieta balanceada, evitando alimentos que possam trazer complicações e inserindo aqueles que vão melhorar a sua saúde e controlar essas condições. E isso vai muito além dos exames de sangue! 😄
Todo mundo lembra de falar que tem colesterol alto, gastrite, hipertensão, pré-diabetes… Por isso, a minha consulta é minuciosa! Eu preciso ter acesso a informações que podem parecer bobas para o paciente, mas que são importantes para o plano alimentar. 👍
Tendência às aftas, gases e desconforto gastrointestinal, retenção de líquidos, unhas quebradiças, urticárias e dermatites, alergias, má circulação, hemorroidas, fadiga, depressão… Todas essas são condições que inserem e retiram alimentos de um plano alimentar, levando ao desenvolvimento de estratégias específicas para atender o seu histórico e proporcionar melhorias e aumento da qualidade de vida. 👏
Sim!!! A nutrição vai muito além do ‘retira sal, açúcar e gordura’. “Que seu remédio seja seu alimento, e que seu alimento seja seu remédio”, disse Hipócrates. Eu concordo totalmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *