Especial Saúde da Mulher – Mitos e Verdades

Aproveitei o mês das mães para discutirmos algumas questões relacionadas à saúde da mulher.

  • Síndrome do Ovário Policístico – SOP

-SOP é a mesma coisa que cisto no ovário? MITO. Um dos sintomas da SOP é a presença de microcistos nos ovários, mas o que diferencia é o tamanho e número de cistos. Na SOP, outros sintomas, como a ausência da menstruação, também são considerados…

-O diagnóstico é feito com ultrassom. MITO. O ultrassom é o exame de imagem que mostra a presença dos microcistos nos ovários, mas não acaba aí. Para diagnosticar a SOP o médico vai solicitar exames de sangue e analisar outros sintomas.

-Causa infertilidade. MITO. A SOP dificulta a gravidez, porém a mulher continua fértil. Como ela ovula menos, a fecundação é mais difícil. Mas, não há motivos para determinar infertilidade.

-Ter SOP faz engordar. VERDADE. Um dos sintomas é o ganho de peso, uma vez que estamos falando de desequilíbrio hormonal e metabólico.

-Alimentação balanceada faz parte do tratamento? VERDADE. Estamos falando não só de dieta, mas de mudanças no estilo de vida. Os sintomas podem ser minimizados e os riscos, como o diabetes e ganho de peso, evitados.

-Não tem cura. VERDADE. É possível diminuir os sintomas e melhorar a qualidade de vida. Para cada caso existe um protocolo de tratamento que será avaliado pelo médico. O importante é garantir a qualidade de vida e bem-estar da paciente.

  •  Menopausa – Mitos e Verdades 

-Os sintomas da menopausa aparecem depois dos 50 anos de idade. MITO. A irregularidade menstrual e os primeiros sinais do climatério tendem a aparecer antes dos 50, variando de acordo com a individualidade do organismo da mulher.

-Calor e sudorese noturna são sintomas da Menopausa. VERDADE. A queda hormonal provoca diversos sintomas, entre ele as ondas de calor e sudorese. Também é comum cefaleia, queda de cabelo, tonturas e mudanças no aspecto da pele. Em termos de qualidade de vida esses sintomas tendem a impactara no humor e produtividade.

-A mulher engorda quando faz reposição hormonal. VERDADE, mas em partes. É comum o aumento de peso na fase pré-menopausa e hoje em dia temos terapias hormonais mais avançadas, que evitam o ganho de peso e a famosa retenção de líquidos.

-Existe prevenção da menopausa. MITO. É preciso ficar atenta às ofertas de mercado. A menopausa é parte natural da vida da mulher. Alimentação e prática de exercícios físicos podem melhorar a qualidade de vida durante o período.

-Mulheres ficam inférteis na menopausa. MITO. A menopausa não é garantia de infertilidade, pois existe a chance de ovulação esporádica. O corpo passa por um período de transição e os níveis hormonais variam. É recomendável manter os métodos contraceptivos.

-Alimentação pode ajudar no controle dos sintomas. VERDADE. Uma dieta pobre em gordura e açúcar e rica em minerais vai beneficiar o organismo. Evitar o consumo de bebidas alcoólicas e cigarro também contribui para amenizar os sintomas.

  • Endometriose – Mitos e Verdades

-Endometriose engorda. MITO. A presença da doença não altera o peso, porém o tratamento pode provocar algum ganho de peso ou retenção de líquidos.

-Endometriose é causada pelo aumento do fluxo menstrual. MITO. O desenvolvimento da endometriose é hormonal. A doença também é associada ao fator genético, sistema imunológico e irregularidade menstrual.

-Endometriose não apresenta sintomas. MITO. A endometriose apresenta sintomas sim, mas muitas mulheres têm dificuldades em identifica-los. Cólicas, alterações intestinais, dor para evacuar e desconforto durante a relação sexual são os mais comuns.

-Endometriose causa infertilidade. MITO. Com tratamento médico adequado engravidar não tem sido um problema. Em casos avançados a fertilização in vitro tem sido um caminho assertivo. A presença da doença não determina a infertilidade.

-A endometriose não tem cura. VERDADE. É de extrema importância que a mulher que tem endometriose faça consultas periódicas com o seu ginecologista para tratamento hormonal que impeça o retorno ou avanço da doença.

-A alimentação pode ajudar no tratamento da endometriose.VERDADE. Como a endometriose é uma inflamação, uma dieta rica em gorduras e açúcar pode piorar o quadro. Alguns alimentos como café e carne em excesso também deve ser evitados. Uma dieta rica em nutrientes e desenvolvida de acordo com a individualidade da mulher deve ser priorizada.

Não deixe de consultar o seu médico ginecologista para diagnóstico e tratamento de sintomas relacionados a saúde feminina. Jamais faça intervenções sem orientação de um médico ou nutricionista. 💓Cuide de você primeiro, para depois cuidar dos outros. 💓

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *