Dicas de trocas simples que vão melhorar a sua saúde

Quando a gente fala de alimentação saudável muita gente visualiza aquela dieta cheia de ingredientes caros, de difícil acesso e pratos mirabolantes. Também tem gente que pensa em suplementos, comprimidos e aquele produto da moda na loja fitness.
Não é assim que funciona. Estamos falando de um equilíbrio nutricional, uma alimentação composta pelos alimentos mais simples, em sua forma in natura. Então, hoje eu resolvi propor trocas simples, ao acesso de todo mundo, sem complicação:


– Sal por temperos: alho, cebola, orégano, manjericão, tomilho, coentro, pimenta, gengibre.
– Pão branco, bolos e biscoitos por ovo: aproveitem a plasticidade do ovo e criem receitas! Ovo é um alimento que pode ser consumido de muitas formas.
– Refrigerantes/refrescos por suco natural: se você não tem tempo experimente congelar polpas ou frutas. Experimente adicionar os vegetais verdes escuros também (couve, espinafre…)
– Café por chá: no início é difícil, mas inserir as propriedades do chá na rotina faz muita diferença no resultado do seu plano alimentar e bem-estar. O seu organismo agradece.
– Margarina por manteiga: Margarina é altamente processada (nem devíamos chamar de alimento). Opte pela versão mais natural no alimento.
– Açúcar por mel ou stévia: Essa é dor de muita gente. Na hora que retirar o açúcar o organismo vai pedir, vai gritar, vai querer um doce. Seja mais forte.
– Salgadinhos por pipoca: Além de a pipoca ser um alimento natural, ela é fonte de fibras. Cuidado com o sal.
– Cereal ou Granola por Aveia: ótimo alimento para regular a função intestinal. A aveia também possui lipídios, vitaminas e minerais essenciais ao organismo.
– Farinha branca por versões integrais: aí estamos falando de bolos, pães, biscoitos e até macarrão.
– Gorduras ruins por gorduras boas: elas ativam a queima calórica e contribuem para o metabolismo. Estamos falando de abacate, nozes, castanhas, azeite, pasta de amendoim, coco… Elimine o óleo de cozinha.
– Enlatados por versões caseiras: qual foi a última vez que você realmente sentiu gosto de molho de tomate? De caldo de carne ou de galinha? De sopa caseira? Experimente fazer e congelar para usar durante a semana.

Prontinho! É simples e vai fazer muita diferença na sua saúde. São as escolhas diárias que trazem resultado. Não tenha medo de ir devagar, tenha medo de ficar aí no piloto automático.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *